quarta-feira, agosto 01, 2007

Suspiro de um blog moribundo

Se é o último não sei.... talvez.

A minha vida não tem muito sentido neste momento. Vivo presa na incerteza e na certeza de estar presa.

Sinto-me usada, abusada. Sinto-me fraca e incompetente.

Estou cansada e parece que não mereço descanso.

Não fui feita para isto. Surge agora outro problema. Será que fui feita para algo? Será que sentirei algo de tal modo que acorde com um sorriso e satisfação no rosto? Que o faça com tal gosto que não me importe de dedicar a minha vida a isso? Será que o saberei fazer com competência? Será que sei fazer o que quer quer seja?

...

Nem um blog consigo fazer convenientemente.

Nem viver correctamente sei.

*suspiro*

3 comentários:

Luciano Bréu disse...

As incertezas são palpáveis à entrada deste sítio. Os blogs morrem, as pessoas que os fazem vivem. Muitos blogs morrem para que alguém nasça, muito nascem para que alguém viva. Muitos caímos, todos até, e muitos aprendem a levantar-se de novo.

Trago-te a certeza da existência. Existes para algo. Desejo vida longa a este blog e vida curta às dúvidas que te assolam. Não cismes no que só se responde com a vida. *

O-ren Ishii disse...

tudo sao fases... de momento tambem estou numa fase algo similar... sei que gosto do que faço, mas nao tenho a certeza k o quero fazer para o resto dos meus dias... o cansaço e as vezes a frustraçao trazem-me estes pensamentos... quero tudo pensar que é uma fase... que ha-de passar e que eu hei de achar o fascinio no exercicio desta profissao, que em tempos.. e por vezes acho... Muitas vezes o cansaço tolda-nos o pensamento e leva-nos a pensar vezes demais nestes assuntos...
***força

pedro disse...

chegaste à conclusão que Sócrates - o filósofo - chegou à mais de 2000 anos atrás: "só sei que nada sei".

Bem-vinda ao clube :D. Somos 6 mil milhões de alminhas muito atarefadas a não fazer nada.

eu não me vejo a trabalhar em casa todos os dias pro resto da minha vida, mas é o que faço agora. Prefiro sair, viajar, aprender coisas novas, mas a minha vida neste momento é isto. Quem sabe amanhã será algo diferente.

Lembra-te, um blog é só um blog. A vida é bem mais interessante "lá fora".