segunda-feira, fevereiro 26, 2007

A vida a andar para trás

Yup, tou a ver a minha vida a andar para trás....

Tinha estabelecido comigo própria o prazo de 2 meses para entregar o relatório, e esse prazo acaba dentro de uma semana.

Não tenho o relatório pronto.... falta desenvolver um dos 4 casos (o mais complicado). O pior é q não é só por minha causa... tou presa a outras pessoas que têm de trabalhar de modo a que eu possa obter resultados para desenvolver o caso.

A tutora, no meio de tanto trabalho na faculdade acaba por ter de me colocar em 2º plano e o caso que era para ser corrigido nuns dias não é visto durante 2 semanas....

Depois há a formatação, a mudança da bibliografia, a conclusão final....

Não tenho jeito ou paciência para dissertar sobre o nada, pelo que as minha discussões tendem a ser breves.... não vejo dias fáceis quando chegar a vez da conclusão.

Depois há as correcções finais.....

Até dia 4 de Abril tenho de o ter feito, raios me parta se não tiver....

Entretanto tenho de roubar dias ao relatório para trabalhar, onde me apertam com "mas afinal quando acabas?" "caga para o relatório, é só uma formalidade".

O pior é q na minha faculdade não é. Tenho de o ir defender, algo que outras faculdades não fazem, para além de o relatório de algumas delas ser apenas estatistica...


Começo a cansar-me, perder a paciência com muita facilidade.... Tou saturada, é isso... e não vejo o fim ainda....

5 comentários:

Ana disse...

só quem nunca escreveu um relatório desses é que nãop sabe que essas coisas acabam por ser comuns... quanto mais depressa mais devagar... for4ça que mesmo assim não falta muito

Dumb disse...

No fim fica sempre tudo bem. Tenta levar a coisa sem stress. Não é fácil, mas tenta;)

AnaBond disse...

boa sorte... é apenas o que desejo.
com calma... apesar de não ser fácil.

Rafa disse...

Parece que os coments do post a seguir estão desactivados.
Estás a passar por algo que todos passam nesta fase. Acreditda, vejo isso acontecer regularmente. É o relatório, o trabalho ou o estágio, a familia, etc...
Em nenhum curso as pessoas saiem preparadas para assumir as funções que supostamente foram preparadas. Todos os recém finalistas passam por um periodo de adaptação muito dificil.

Aconselho-te a que leias os teus próprios posts de há uns meses atrás, e vejas a dedicação e alegria com que contaste as histórias dos teus estágios. Lembro-te também que em estágio, cumpres exactamente a mesma função, só que agora não tens a segurança de teres alguém a acompanharte. Mas isso é algo que compensarás com o tempo, ao ganhares segurança e confiança em ti própria.

Rafa disse...

Não basta alegria e dedicação, mas são um passo de gigante. Depois disso, há o conhecimento que se adquire no curso, e o que adquires com o tempo. Desde que acompanho o blog (bem antes de lhe mudares o nome), depreendo que o conhecimento que adquiriste no curso, adquiriste-o bem. Quanto ao outro, tens de dar tempo ao tempo. São raros os que acabam o curso, e conseguem desempenhar a função com naturalidade logo de principio. É nesta fase que precisas de acreditar em ti própria. Talvez precises que acreditem em ti primeiro... mas o primeiro passo para os outros és tu que tens de o dar... és tu que tens de confiar.