segunda-feira, dezembro 03, 2007

Tou farta de trabalhar onde trabalho, de fazer (ou tentar fazer) o que faço, tou farta de ser quem sou e de viver como vivo.

Termina aqui.

Pára aqui o meu sangrar.

Simplesmente morri.

Não que alguém vá notar a a diferença.

E é assim, quase dois anos depois e após agonia prolongada, que administro o meu acto de misericórdia para com este blog, como uma injecção lenta do frasco que tão bem conheço.

O sofrimento acaba aqui.

RIP

2 comentários:

anitacanita disse...

:( pode ser q daqui a uns tempos resolvas ressuscitá-lo. Eu torço por isso!
Beijoca

Luciano Bréu disse...

Pst...*

Não posso dizer que a situação me pareça estranha. Denoto até um certo "dejá vu" em toda a situação, mas escrevo-te com a esperança de que em cada monte de cinzas há a promessa de uma flor. A morte tem a cor que lhe quiseres dar, pois nunca ninguém viu a cor da morte. =)

Vive. *